sábado, 4 de outubro de 2008

A volta dos que ja foram

[desculpa]
O negocio e o seguinte: e um computador so aqui, computador este que os pais usam para o trabalho tambem. Chato ficar tendo que pedir e perguntar se eles estao usando, alem de nao querer incomodar, of course. Entao e isso. Ate eu comprar meu laptop (soon!) as postagens continuarao escassas (?) :/

[/desculpa]

Enfim.

Como sempre, vamos por partes:

Breve introducao

Eu sempre quis fazer um intercambio, e tinha que ser para os EUA. Loucura pra uns, sonho pra outros, o real motivo eu ainda nao sei, mas passei anos e mais anos a fio sonhando (literalmente) com o momento em que eu ia pisar nessa terra de meu Deus. Chegar aqui no dia 4 de Agosto de 2008, foi mais do que um sonho realizado, e algo que eu ainda nao sei explicar direito, e deixa eu parar de falar que ta ficando cafona essa budega. Nao e por causa disso que eu vou achar tudo lindo e maravilhoso(muito pelo contrario...). Entao, vamos aos fatos.

A Chegada

Antes de contar da chegada, preciso contar da partida. A crianca aqui fez questao de levar o velho coelho rosa (velho mesmo. O fedorento tah comigo desde os 3 anos), mas ele eu consegui enfiar na mala despachada. Beleza. Pra quem nao sabe a STB da um cachorro de pelucia (?!) tambem pra quem esta embarcando. Nao me leve a mal, eu AMO bichinhos de pelucia, fiquei meses esperando pelo meu host dog, mas quando ele finalmente chegou o que eu mais queria era "esquecer" ele em algum lugar (oops!) ou dar pra adocao (sorry!). Eu tinha tanta coisa na mao, tanto documento pra mostrar, tanto na minha cabeca, que carregar um cachorro de pelucia medium size ate no banheiro foi dose. Era eu, minha mala de mao nada leve, o super casaco que eu fiz questao de comprar e trazer na mao(nao usei, btw) achando que fazia muito frio no aviao e uma mochilinha com documentos e mais outras coisas desnecessarias. So sei que no final eu ja estava dando o cachorro quando pediam o passaporte, o casaco quando pediam o DS e a mala quando me perguntavam o que eu estava fazendo nos USA. Eu, claro, sempre muito enrolada :D Pra finalizar a cena, tentar dormir(nao dormi, alias) no aviao com essa tralha toda na sua super-ultra-mega-poltrona economica e missao impossivel, mesmo eu sendo compacta. Enfiiiim, de volta ao assunto partida... bom, foi dramatica. Chorei todas e fiquei indo e vindo do portao de embarque pra ver o rosto dos meus familiares mais uminha vez :') Todos chorando tambem, mas ao mesmo tempo (se e que isso e possivel) com uma expressao de felicidade no rosto, pq cada uma daquelas pessoas que me acompanharam ao aeroporto sabiam o quanto essa viagem significava pra mim. Mas, uma vez depois do gate a caminho do aviao eu era so alegria. Ajoelhou tem que rezar, entao vamo que vamo!

A viagem foi tranquila, levando em consideracao que foi a primeira vez ever que eu estava voando, e que ate o aviao estabilizar foi como se eu estivesse numa crise de labirintite. Ate aquele momento eu tinha evitado pensar que ficaria pelo menos 8 horas direto dentro de um negocio enorme que voa. Tipo, minha nocao de fisica e zero, e por mais que eu tenha certeza que isso e possivel(duh!), isso nao faz com que eu me sinta mais segura.

Logo depois que o aviao estabilizou e meu estomago voltou para o seu lugar normal, o jantar foi servido. Surpreendentemente bom, diga-se de passagem, embora a cada garfada eu tivesse a sensacao de tudo era artificial O.o. Engracado foi eu muda. Nao queria pedir nada pra aeromoca. Varias opcoes de bebida e eu so na agua, thanks! Hahaha. Era medo de falar e nao ser entendida, mas eu dizia pra mim mesma que alem de estar poupando saliva, nao tinha necessidade de pedir nada. Foram 8 horas interminaveis de voo, um voo tranquilo, gracas a Deus.

Finalmente chegamos em Miami, eu certa de que o pouco de bunda que eu tinha ja nao tinha mais(gente, serio, que doooor nas nadegas O.O). Tinhamos 2 hs pra passar pela imigracao, pegar as malas, fazer check in e pegar a conexao que era as 7:30am. Vamos rir todos juntos comigo: HA-HA-HA! Filas imeeeensas na imigracao as 5:50 da manha, e a nossa fila, minha e da Analu(amiga que viajou comigo e foi parte fundamental da viagem) deu problema. Espera, espera, vai e volta, espera. Finalmente passando na imigracao e tendo que responder se o cachorro de pelucia era minha companhia de viagem, vamos em busca das malas e quando estamos quaaase no check in, Analu teve que ter sua mala "aberta". Kmooom, nos temos que pegar a conexaaaao!!!!!!! Tira sapato, tira casaco, mostra passaporte, sorri, pega bolsa, pega cachorro...CORREEEEEEEEEEEEEE. O aeroporto de MIA e enooooorme, o que nao ajudou na-da. Quando finalmente chegamos, ja nao podiamos mais entrar, mas a atendente que era a cara da Shakira foi super gente boa e marcou os nossos assentos todos direitinhos na mesma hora para o proximo voo: as 13hs. (risos, please)

Na fila da imigracao conhecemos duas outras au pairs que iriam pegar o mesmo voo que a gente, as fofas Karen e Dani. Karen imediatamente adotou o cachorro, para a minha felicidade. As duas passaram os 4 dias com a gente. Gente finissima! (o cachorro voltou pra mim no ultimo dia, by the way)

Pra quem ta se perguntando (are you?) o que eu senti quando cheguei em MIA, devo dizer que foi bem estranho. Estranho pq eu me sentia como numa fase de transicao. Sabe nos jogos de video-game quando vc joga uma fase bonus antes da fase de verdade? Assim. E nao sei se vcs sabem, mas MIA faz parte de Cuba, nao da America. Ou do Mexico, mas nao dos EUA. Todo mundo fala espanhol naquele lugar, e quando finalmente fala ingles, e com sotaque!!! Gente, que nervoso! Meus ouvidos ainda se acostumando com o ingles bem articulado, me vem um estrangeiro falar ingles comigo...HELP! Sem contar o calor que fazia quando eu pisei naquela terra. Quando a porta do aeroporto se abriu de repente, parecia que tinham aberto as portas do inferno, sem brincadeira. Um mormaaaco de causar inveja a qualquer carioca.

Como tinhamos 4 horas no minimo pela frente ate pegar a conexao, decidimos conhecer Miami Beach. Deixamos nossas malas e tranqueiras numa storage(?) por alguns dolares e la vamos nos pegar sol na moleira. Dica: vc provavelmente ta levando uma graninha pra gastar em NY, primeiras semanas ou emergencia, entao faca um favor a si mesma levando dinheiro trocado. O taxista nao tinha troco (nem nos), e fez a Analu entrar nos restaurantes e hoteis da beira da praia pra trocar o dinheiro enquanto ele aguardava sentadinho dentro do carro...sooo nice. Andamos um pouco pela praia vazia e parcialmente nublada, tiramos algumas fotos e voltamos pro aeroporto a tempo de comer no Burger King(um viva a primeira junk food na America!)e pegar o voo dessa vez. Tremidinho, esse. Shakira vez o favor de me colocar nos assentos de emergencia, e fez supresa alias, pois eu so soube disso no aviao. A senhora me trocou de assento e so depois eu fui saber pq, e isso depois de ter respondido 'no' pra pergunta que eu nao entendi.

Chegando em NY, nos eramos um grupo gigante de au pairs. Dica: Quando vc tiver certeza de alguma coisa, nao de ouvido aos outros. Na agencia do Brasil, minha agente sempre muito bem informada me disse "siga as placas do Ground Transportation". Eu, bonita, queria fazer isso. Mas, como sempre tem um 'mas', uma esperta perguntou a duas pessoas que transitavam pelo aeroporto onde pegar a shuttle do Sheraton e o mesmo indicou outro caminho, um caminho oposto laaaaaa na pqp, do outro lado do aeroporto. Tivemos que subir varios andares, pegar trenzinho e tudo, e isso com carregando a casa na mala. A cena era engracada: Um grupo de meninas perdidas e um tantinho histericas zanzando pra la e pra ca. Resumo da opera, a tal da shuttle do Sheraton nao era do Sheraton que a gente precisava ir. Perdemos duas horas no aeroporto e ganhamos varios calos na mao. Se tivessem ouvido a pequena aqui, teriamos andado 5 minutos, pego a van certa e com certeza aproveitado a piscina.

No Hotel - Treinamento

Geral morto no primeiro dia, nao importa se vc e do primeiro ou do terceiro mundo, rs. No meu quarto uma alema e a gente finissima da Sabrina, da suica. A primeira impressao do estranho mundo novo e algo indiscritivel. E tudo tao novo, tanta informacao, eu estava tao feliz, que saudade era algo que eu desconhecia e nao conseguia compreender como algumas meninas ja choravam. O sentimento que eu senti quando me dei conta de onde eu estava finalmente, a sensacao de estar numa terra "estranha" foi algo que eu nunca mais vou esquecer. Embora eu tenha passado 4 dias verde de enjoada, mal demais do estomago e quase ter desmaiado no Mc Donalds da Times Square(pode falar, comecei com o pe direito, hein), foram quatro dias maravilhosos que nenhum dinheiro no mundo pode pagar. Nao digo pela Times Square ou qualquer outro cliche que a gente ve em NY(gente, estavam socorrendo um cara que teve um ataque fulminante num restaurante que passamos perto O.O sinistro), mas e tudo tao intenso quando vc chega, vc conhece tanta gente legal, e tudo tao novo e maravilhoso, que quem dera o ano todo fosse so como aqueles dias (tirando a parte que eu nao conseguia comer, claro).

Muita gente acha chato, nao da a devida importancia, mas eu achei o treinamento bem proveitoso sim, interessante, divertido, embora cansativo. Nao tem como ser diferente, ja que e muito conteudo. Eles fazem o melhor pra passar tudo pra galera, e pegam mesmo no pe de quem fica conversando durante as 'palestras' ou quem chega atrasado. Atraso e algo que eles nao toleram, nao importa se e 1 ou 10 minutos. A aula de CPR foi otima tambem. A unica coisa que eu nao gostei no treinamento (isso inclui a comida), foi o fato de eu nao poder assistir o encontro das host families com as respectivas au pairs no hotel. Caraca, maluco. Que odio da tiazinha! A gente morrendo de curiosidade e ela acabando com a nossa alegria, enxotando a gente da escada. Fala serio. Magoei.

---

Por hj ta bom, ne? Num proximo post eu continuo :)

No momento to homesick, algo que nunca pensei que passaria aqui. Mas como a gente sempre paga a lingua da gente...


[ Pelo amooor da minha sanidade e da boa aparencia - e leitura - deste humilde blog, alguem me explica como faco pra escrever com acento e tudo mais que tenho direito em portugues? Grata ]

17 comentários:

Hane disse...

Era já de se imaginar q vc ia postar 1x por ano! ops. por ano nao dá. senao o prox post será de volta! hauhauhauhauha. Pow nao fala assim do cachorro, eu quero o meu logo! alias, eu vou levar casaco sim e com ctza vou usar pq qd viajei pro show dos loiros eu me tremi todinha no aviao! Nao sabia q vc nunca tinha voado! (eu escrevi viado, abafa! rs) n gostou? eu amei! quero logo entrar noutro aviao :D alias, ate hj eu nao sei se vc partiu do RJ ou de SP...ah tá, achei q vc tinha dado o cachorro pra ela, tadinho! *lendo ainda*

O bom foi a analu treinar o ingles hein! mas q merda esse taxista! hauhauhauahuha ng merece!!! Vc sentiu a coisa da Laririntite no Mc? Vai ver q qse desmaiou de nervoso inconsciente...acontece. :/

Sobre ver o encontro das outras com as families, eh melhor eu nem ver pq aí sim começa a choradeira. Bjus e se cuide, nao fique mais sem comer.VC SABE O QUANTO ISSO É IMPORTANTE! Vc tem q cuidar de vc mesma agora. nao vamos ter nossas maes do lado aí...falamos mais no email ou por depô! Tenho umas 9895898456 coisas pra perguntar, rs hehehe. bju <333

Hane disse...

ah, esqueci:
fia acho q vc nao tem como escrever com acentos nos teclados daí viu. nao tem configuração q dê jeito....
:/
bjuuuuuuuu (L)

Clara disse...

Bela, rodando por esse mundão achei o seu blog ;) Muito legal e eu tambem estou em L.A. Em Burbank, mais precisamente. Wel, vou te linkar no meu blog, apesar de não usa-lo muito.
Beijão!

Lílian, disse...

Eitchaaaaa, chove canivete hj ne! hehehehehhehe

Menina que tanta comedia! A fila da imigracao e p/ entrar no local p/ fazer o checking no aeroporto de MIA e um terro cara! Num sei se com vc foi assim, mas no meu dia JESUS TOMOU DE CONTA, alem de quase ter que ficar nua p/ passra pelas 10000 portas, ainda tinha q escutar aqueles negao enormes gritando PASSAPORTE E PASSAGEM NA PAGINA DA FOTO, EU DISSE PASSAPOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOORTE NA PAGINA DA FOTO! neemmm...sem conta que uma negona me apalpo ate dizer chega pq por onde eu passava a porta apitava...qnd vj uma porta dessas ja sei que vai apitar! Dai la vem a negona das uns amoco em mim :P

Efim, depois de 1 mes a historia fica divertida...MIA tava chovendo qnd fui e naum aguentava mais o povo falar espanhol comigo, O POVO AQUI DE CO PERGUNTA SE EU FALO MEXICAN kkkkkkkkkkkkkk

Tb tava doida p/ dar meu cachorro, mas ate q ele servio, servio de travesseiro, mas tinha horas que dava vontade de chogar ele no vento, no marmore do inferno! Bixim! hehehehehehe


Mas fala serio, foi ou naum foi divertido? heheheheheheh





Bjaaaaoooo ;)

Lílian, disse...

OBS: Lagun laptops aqui tem configuracao com acento!


;)

Gisele disse...

Aff amiga....qnt coisa...hahahaha...qnd tiver tempo eu leio!!

AMkiga decidi mha vida...depois eu te falo! bjoss

Luíza disse...

Aimmmmmm, amei o post inteiro!! Que delícia!! Aproveita MUITO pq passa rápido demais!!

Ah! Desencana dos acentos pq daqui um tempo vc não vai mais lembrar deles, ainda que possa usá-los, rsrs!
Bjãooo!! :)

marina disse...

Huahuahuahauauhua. Queria que tivesse mais ainda pra ler! =P

Bom, sobre o avião, às vezes é mais friozinho mesmo, mas nada pra levar casacão nao. haha. É que nem shopping, uma temperatura agradável. rs.

E o calor, pqp, faço idéia. Quando fui pros EUA em julho, quase morri. Na Disney então, tinha que andar com ventilador de mão, pra nao morrer de calor.

Bom, espero que vc escreva mais, pq vc nao chegou nem a encontrar a família. hahaha. E também espero que esteja melhor. (L) Qualquer coisa, to aqui!! rs.

Beijo ;*

Anônimo disse...

que curiosidade de saber maisssssssss
to me setindo vendo heroes...cenas do proximo capitulo!!!
linda linda!!
que saudades de vc!!

vou ficar aguardando...
beijosssss


nana

Anônimo disse...

que curiosidade de saber maisssssssss
to me setindo vendo heroes...cenas do proximo capitulo!!!
linda linda!!
que saudades de vc!!

vou ficar aguardando...
beijosssss


nana

Anônimo disse...

Aaaaaaaaaai, que saudade de você!!! Amei ler todas as coisas com detalhes, tinha certeza que você não ia me decepcionar e ia vir contar tudo direitinho assim que pudesse. Espero que esteja tudo bem e que logo chegue seu laptop! ;)

Hahahaha, não acredito que você levou o coelho rosa! Que gracinha... Já ia ficar tipo 'você deu o cachorro pra menina???', mas ainda bem que você disse que voltou pra você. Eu sou apegada às coisas e não consigo dar assim coisas que eu sei que não vou ter iguais. LMAO

Minha mãe passou aqui agora e mandou um beijo pra você e disse pra você comer direito (ela tem pavor das comidas daí, e lembrou que no dia do show do Hanson você não tinha fome, lol).

Beijo, te amo!!! Se cuida.

Dani (a ohyeahzete, lmao)

* disse...

Sis!!!!
Finalmente to conectada da casa!!! Eu sei q isso nao vai ajudar tanto p nos, ja sabia q esses proximos anos seriam assim sem muita comunicacao com vc. EX AUPAIR entende bem a situacao!!! So fui ler o seu blog hj... amei o post da chegada, era como ler a minha chegada mais ou menos... bom sem problemas de saude, mas esses vc deixa p o retorno aos EUA 6 anos depois.... hehehehe nem vou comentar meu irmao nessa viagem!
To tentando por todos os videos e fotos, depois mando email de aviso!
Vc nunca percebeu q nos meus big emails eu nunca usei acentos? O unico jeito eh vc comprar um teclado europeu ai, da ate p achar talvez, especialmente em LA q ta cheio de gente espanica...fala serio parece o Mexico! Nada a ver com Chicago.... hehehe
Enfim, sabe q eu to aqui sempre torcendo p vc, qualquer duvida ou problem, sabe q pode contar comigo, mesmo pq eu tenho um pouco de influencia p ai, mesmo sendo agencias diferentes...
P aqui as coisas andam complicadas, nao arranjei emprego ainda, nem amigos... vou ver se entro em algum curso profissional... pelo menos tenho a net agora p poder desabafar!!!!
EU MORRERIA NUMA ILHA DESERTA!!!!

LOVE :D
Nanda

Carlinha disse...

ai meu jesus, demorou mais veio heim. vai ficar tres dias grudada nesse laptop hehehehe... gisele disse q era um livro isso aqui, que nada, pro tempo q demorou o post nem foi tão grande assim.
Comentários:
1) falaram ingles com vc em Miami?!
2) ahh filha não tem como escapar da homesick não pq por mais q vc seja auto suficiente, independente, poderoza que for tem horas que vc quer ter pelo menos uma coisinha familiar perto de vc, só uma coisinha.
3) Não sei se alguém já explicou mas vamos lá: start>settings>control panel>date, time, language...>Regional and Language Options>Langangues>Details (under Text Services and input languages)>>

Em Default input language: Portugues Brazil - United States - International (esse é o pulo do gato, tem q ser US international)
Em Installed Services, se já naum tiver vc add Portuguese Brazilian e US International.

Se tudo ocorrer como o previsto o acento, til, circunflexo vão tudo começar a funcionar. Se o seu teclado não tiver eles vc vai ter q testar as teclas pq pode ser que o que era dois pontos no teclado americano vira acento agudo e dai vai. Espero me ter feito entendida, pq sofri com isso muito tempo. Meu host instalou o Portuguese Brazilian mas naum era o US international então eu ficava sem o ponto de interrogação sabe la deus pq.

Mas agora quem escreveu um livro fui eu, bem, to aqui pra ajudar, qualquer coisa liga
BJUS!

Gisa disse...

Oi Gatinha...eu li tdooo!!! Sim...poize ..pois eh!!!

Keria te dizer q estou com saudades...tenho q ver um dia pra q eu possa te ver e matar a vontade de falar com a mha belinha...rsss...

saudades...a gente se esbarra!!

ATUALIZAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA

Hanna disse...

Li tudo amora

e a unica coisa q vou dizer pra vc: boa sorte, divirta-se, aproveita tudo e mais um pouco!

e se vc sentir mto mas mto calor ai na California, vem pro Canada hahuahua

bjaao

Bela Au pair disse...

E xará demorou mas postou com dignidade..kkkk

não esquenta com o teclado não! depois acostuma!
bjs

Anônimo disse...

Oi menina, estou querendo fazer au pair tbm. Gostaria muito que fosse na Califória. Me disseram na agência que a Au Pair Care quase não tem famílias desse lado dos Eua. É verdade? Pelo que vi no seu blog,vc fez pela Au Pair Care e está na Califórnia, é isso?
Por favor, me ajudeeee heheh
brigadão
bjos