quarta-feira, 12 de agosto de 2009

Causos: Bob The Builder

Como diria meu pai, esse muleke é do pIru!

É cada uma que eu vou te contar (literalmente):

Antes de eu ir pro Brasil ele colocou na cabeça que era um pirata. Isso porque Jack gosta de Gilbert and Sullivan, e colocou os pimpolhos pra assitir uma das operetas chamada The Pirates of Penzance. Pronto. Desde estão ele acorda já perguntando onde tá a espada dele. Passou duas semanas (DUAS) vestindo a mesma roupa porque o resto que ele tinha "não era roupa de pirata". Só dava eu lavando e secando no mesmo dia pra ele poder usar de novo.

Já que quer se fantasiar, então vamos fazer direito. Fiz um chapéu preto com uma caveira desenhada na frente. Peguei uns grampos de cabelo meu que não uso e prendi no cabelo dele. Idéia fantáaardica a minha pra completar a fase pirata dele. Ia pra tudo quanto é lugar com o chapéu. Todo mundo ficava olhando, uns elogiavam, outros comentavam com quem estivesse do lado, e ele adoraaava. Pedia pra eu abaixar pra comentar no meu ouvido "vc viu que aquele menino estava falando do meu chapéu?", e isso com um sorrisinho de prazer tímido. E se o bendito chapéu começasse a escorregar do cabelo? Ihhh, o tempo fechava. Afinal, desde quando grampo de cabelo segura em peruca de descendente de chineses? Nunquinha! Menina, ele ficava possesso. Cooomo aquele chapéu ousaaaaaaava cair da cabeça dele? ATREVIDO! (o chapéu) Só faltava querer dormir com aquilo.

E as músicas? Decorou todaaaaaaas as músicas da opera e ficava (ainda fica) cantando repetidas vezes com o sotaque dos cantores!!! Aí eu, que depois de ouvir ele cantando por mais de um mês, começo a cantar e sou repreendida porque não tô cantando com o sotaque certo *gotinha se suor escorrendo no canto do olho*

Nessas duas semanas eu tinha que brincar todos os dias de pirata. Todos. os. dias. Era cada espadada que eu levava "por engano" que vira e mexe a espada sumia misteriosamente *evil smile*. Um domingo cheguei em casa e a barraca de camping estava montada na sala de jantar. Não preciso dizer que pelos próximos 7 dias aquele foi o navio do pirata ou o esconderijo dos policiais, que claro, estavam sempre em desvantagem pois não tinham espada, privilégio este do King Pirate(preciso dizer quem era?). Foi uma semana longa, confesso.

Quando voltei do Brasil ele estava um pouquiiinho melhor da fase pirata. Ainda cantarolando non-stop as músicas, mas já não fazia questão de se vestir como um pirata. Bastava a espada na cintura o dia todo que tava bom. Porém, notei que ele agora estava mais abusadinho que o normal. Eu chamava atenção dele e ele me olhava com a melhor cara de emoticon-do-olho-de-japa que já vi na vida! Coisa de ninja mesmo! Me olhava de lado, de cara amarrada com o olho cerrado. Que meda!

As disputas com a irmã também rendem boas caras e bocas. Outro dia Pocahontas foi pro quarto e começou a chorar. Sandra correu pra saber o que tinha acontecido. Eu fiquei na cozinha e olhei pro banheiro. Um Bob de cabeça baixa lavava a mão leeentamente. Humm, pensei. Me aproximei como quem não quer nada e perguntei se ele tinha alguma coisa a ver com a irmã chorando no quarto. Ele continuou esfrengando a mão com sabão como se eu não estivesse alí, como se eu não tivesse perguntado nada, até que ele olhou pra mim com aqueeeele olho cerrado. ME-DO. Comecei a incentivar indiretamente (?!), perguntar o que ele tinha feito, com muita calma, e bem baixinho. Aos poucos ele deu a versão dele, que fazia muito sentido, claro. Ele não tinha espaço pra lavar a mão então ele puxou a irmã de cima do banquinho(que já estava lavando a mão!), empurrando ela na parede do banheiro. Tá explicado. Ele não tinha espaço suficiente, ora bolas!

Agora ele também tá menos "gentil", como vcs podem perceber. Os abraços dele parecem mata-leão. As cosquinhas são cutucões. Os beijos podem virar mordidas e o carinho pode resultar num arranhão. Mas uma coisa continua a mesma: as lambidas. Vira e mexe ele vem lamber a gente - eu e a irmã - nos lugares mais inusitados possíveis. Cotovelo, pé...esses lugares.

Ele também é muito ligado em animais e insetos. Tudo que ele vê ele pergunta "o que come isso?", mas não no sentido de querer saber o que o animal come, mas qual é o predador daquele animal. Sinistro. Por isso, outro dia o pai estava mostrando um video no YouTube de um leão brigando com um gato selvagem. Pronto, lá vem. Devem fazer mais de 3 semanas que ele tá andando de quatro e quer que eu ande também, porque afinal, sempre sobre pra gente o trabalho sujo, rs. Até rugir eu tenho, mas tem que ser convincente senão ele fica puto. Mas semana passada eu dei um jeito muito feio na coluna fazendo Pilates que tô sentindo até hj, então agora eu tenho uma desculpa pra não andar de quatro. Mas ele tem o olho junto, ele arruma solução pra tudo. Se não sou o amigo lobo, então tenho que ser o Zoo keeper. Digo lobo pq os animais se alternam, mas todos tem que andar de quatro. Estamos na fase do lobo agora porque eles estão indo pro Alaska essa semana de férias e ele ouviu falar que tem lobos por lá.

E tem que brincar do que ele quer! Senão esteja certo de que ele vai arrumar um jeito de encaixar a brincadeira dele, não importa do que vc esteja brincando. Outro dia fizemos um consultório dentário na cozinha. A história seria a seguinte: O paciente (que era ele), chegaria no consultório dentário e já na salinha ele começaria a cantar uma música de pirata (aquela com sotaque e tudo que eu já canto dormindo). Nisso, o dentista ficaria com medo e perguntaria se ele era um pirata, e aí eles lutariam e o dentista fugiria. Perfeito, né? Agora, quando brincamos de casinha ela é o leão de estimação. Perfeito!

Se vc ver uma foto dele, vc não diz! Figuraaaaaaaaaaaaça. Dá trabalho, viu? Ô!

9 comentários:

Cori disse...

Sao nessas horas que eu aaaaaamo cuidar de dois meninos com idades proximas, pois se depender de mim eu nao agacho no chao nunca...Rsrs eles brimcam e se matam entre eles e eu so vou perto pra recolher os corpos! A frase do final seria: Haja saco, viu?! Bjs

Lilian Custodio disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkk nossa e eu achando que a minha de 2 anos tava dando trabalho!!!! Ela eh uma santa perto desse ai, cansei so de ler.....mas uma a coisa eh certa viu!!! adoooooorrrrrooooo as tiradas da minha.

A cachorra-cavalo aki de casa derrubou ela, entao lai vem a pestinha: WEWI [LILY] KISS MY BUTT, IT'S HURTING...C'MOM, RIGHT HERE! AWEEEEEE

kkkkkkkk eu num aguento essas coisas!!!


;)

Dani disse...

HAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA, MEEEEEEEEEEEEEEU DEUS!

Bela, eu tô chorando de rir de verdade dessas coisas, acho que tem tempo demais que eu não convivo com criança. HUAHUAHUAHUA

Muito bom, o moleque tem futuro!!!!!!!!!!!!!!

Huahuahuahuahua...

Beijo, sis, te amo!

Dani.

Mari Z. disse...

Hahahahhaha! Haja imaginação, hein?

E haja pique pra au pair acompanhar as pirações da molecada -- ah, adorei a parte do "vira e mexe a espada sumia misteriosamente *evil smile*". Eu tb adorava fazer isso com o sabre de luz do meu moleque, qdo ele dava uma de pentelho e vinha dizer que eu era do lado oposto da Força. :-P

Beijos, Bela, e força na peruca pra aguentar as ferinhas aí!

Mari Z.

Mari Z. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari Z. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Hane disse...

que vira e mexe a espada sumia misteriosamente *evil smile*.




HUAHAIUHAIUHAIUHAIUAHIUAHAIUHAUIHAU
HUAHAIUHAIUHAIUHAIUAHIUAHAIUHAUIHAU
HUAHAIUHAIUHAIUHAIUAHIUAHAIUHAUIHAU
HUAHAIUHAIUHAIUHAIUAHIUAHAIUHAUIHAU
HUAHAIUHAIUHAIUHAIUAHIUAHAIUHAUIHAU

SÓ-VOCE-MESMO-VIU!!!

:*************** se cuida

Luíza disse...

Quando eu tiver um filho, quero que você seja a Au Pair dele. Haja saco e disposição!!!!!!!!!

Carlinha disse...

hahahahahaha adorei... ai essas crianças com ideia fixa. a minha no auge dos seus 13 meses de vida adora a musiquinha dos monkeys on the bed. Outro dia fui cair na besteira de colocar a musica no youtube pra ela ouvir enquanto eu segurava ela pra mãe ir no banheiro (ela tava grumpy naum queria largar da mãe) pra que? se deixar a bixinha passa o dia vendo os monkeys jumping on the bed. Naum pode ver um laptop, chora e tudo. O pior é q eu fico sem saber se isso é bom ou naum pra ela. A mãe resolveu proibir mas eu morro de pena da bixinha pq ela fica pedindo e fica toda tristinha quando a gente diz q os monkeys tão sleeping.