sábado, 8 de novembro de 2008

Halloween




Parece que foi ontem que vi as primeiras abóboras na porta das casas, os primeiros morcegos, esqueletos e corvos-enfeite. Digo enfeite porque tem muito dos "de verdade" por aqui. Já que toquei no assunto, deixa eu abrir um parêntese antes de continuar. Não sei nas outras cidades/estados, mas aqui tem MUITO desse pássaro preto muito do supeito. Não sei se sou eu que vi muito filme ou o quê, mas que nervoso da 'orra esses pássaros me dão. Vira e mexe tô eu no quintal (?) ou numa rua deserta e me escuto um gaaaaaaaah-gaaaaaah desses bichos voando sobre a minha cabeça. E quando eles pousam em algum lugar e ficam encarando? Vá se ferrar! Mau agouro do caramba! Eles são tão pretinhos que chega a brilhar no sol, cara. Sem brincadeira alguma. Se não me arrepiasse tanto a espinha quando eu escuto um deles, eu até acharia um pássaro bonito. Mas dá medo até de espantar, eu hein O.o

Enfiiiiiiim, voltando ao Halloween, esse feriado chegou muito rápido. Nem tive tempo de pensar numa fantasia decente. Na verdade tempo eu tive, mas faltou criatividade. Tipo que uma das irmãs de Sandra Bullock é a ninja das fantasias de Halloween. A mulher tem idéias fantárdicas. Já foi um Picasso (o quadro, galerinha), carteira de estudante, já foi um bug junto com o namorado e agora ela foi um fisher man e o filho de 2 anos a minhoca. Dessa maneira ela tem ele preso no anzol a noite inteira e não corre o risco de perdê-lo, rs. Tô doida pra ver foto deles. Pelo jeito as idéias ficaram todas com ela, não sobrou nenhuma pra minha host pois essa não deu uma sugestão se quer, e todas que Pocahontas (lembrando, 6 aninhos) sugeriu, eu fui obrigada a recusar (flor, cachorro, vela...).

No último final de semana eu já estava meio tensa. Resolvi ir a praia do lado, Hermosa Beach, e descobri uma suposta loja de fantasia pro Halloween, que na verdade pretendo voltar lá depois das festas pois achei umas roupas um tanto quanto interessantes. Tava mais pra brechó do que pra fantasia de Halloween. Só Deus sabe o preço e só com muita sorte eles terão o meu número, mas tá beleza. Fora isso, só achei fantasia sexy. Tipo, HELLO-OU. Era pra ser funny/scary, certo? Se era eu não sei, mas essas lojas estão por toda parte. Eu até achei algo interessante que eu gostaria de ser: Irish girl. Lá vai eu ver a fantasia (inutilmente, claro): uma saia que na verdade é um cinto-wannabe, bota branca xuxa-old-days e um corpete com um rasgo profundo no meio (e não, essa parte não fica nas costas). Valeu então [Y]

No dia seguinte, num ato desesperado, já disposta a me fantasiar de banana, corro pra Target. Só encontrei os restos, pqp. Tá, vamos dar uma olhada na seção infantil, just in case. Achei uma noiva tamanho L! Perfeito pra uma encalhada como eu. Sem graça, mas perfeito. Depois, não sei de onde veio, mas eu tive a idéia de usar o vestido da noiva que era bem simplesinho, comprar asas e ser Juliet do Romeo + Juliet. TA-DÁ! Tá, eu A-MO o filme e confesso que sempre tive vontade de me fantasiar de Juliet. Mas admito que não é lá uma coisa muito original. Eu podia apostar que a maioria das pessoas (se não todo mundo) ia pensar que eu estava fantasiada de anjo (o que aconteceu), mas não deixa de ser já que no filme ela está de anjo no baile (DUH!).


(tava frio, por isso a manga comprida por baixo)

O que me deixou mesmo passada foi o fato de que praticamente todo mundo se fantasia sem medo de ser feliz. Que coisa maravilhosa! E não é fantasia furreca não, como a gente vê no Brasil neguinho usando só acessório com medo de parecer rídiculo. Assim...defina ridículo. Tipo que de manhã, quando fui levar Pocahontas pra escola, eu já via os primeiros sinais de que aquele não seria um dia normal. Me fez lembrar um pouco do mundo de Harry Potter. Vi um monte de mãe mega fantasiada, cigana, bruxa, e quando digo isso, veja bem, quero dizer que elas estavam fantasiadas MESMO. Super bem produzidas. Eu cheguei a me sentir mal de estar fantasiada de eu mesma. Andando pela rua vi um cara indo pro trabalho com uma peruca. Uma suposta gueixa e uma freira de braços dados também passaram por mim, e isso de manhã. Onde quer eu que eu fosse eu via alguém com algum detalhe, um chapéu, orelhas diferentes, algum acessório de Halloween. Achei um must tudo isso, cara! Amei!

Nem era noite ainda e a rua aqui já estava movimentada, com princesas, piratas, monstros, animais e frutas andando pra lá e pra cá. Segundo Sandra B. o Halloween aqui é bem diferente. Segundo ela, quando veio morar aqui se espantou com o Halloween, pois onde ela morava e até em Boston mesmo, ela via grupos de crinças e tal indo de porta em porta, não a muvuca que fica aqui. As casas pro lado de lá são relativamente longe um das outras, há um espaço, digamos assim. Lá pelo menos se tem backyard, o que aqui em Manhattan Beach é praticamente um milagre. A terra aqui é BEM disputada e cara (põe cara nisso). Então uma casa é bem do ladinho da outra. O vizinho espirra de lá, a gente diz 'bless you' daqui. Durante o trick or treat com as kids, passei pela casa de uma amiguinha de Pocahontas. Quase caí pra trás quando vi o 'quintal'da fulana. Ela comprou o espaço pra uma nova casa do lado e fez de quintal. TODO mundo que passava por alí apontava e comentava. Muito estranho, rs. Vc olha e parece que roubaram a casa que tinha ali durante a noite, rs.

Onde eu moro é uma rua onde carro não passa. Nem todas as ruas são assim, mas o fato de não passar carro atrai mais gente ainda. É complicado de explicar, só vendo mesmo pra entender:

(nessas fotos a rua ainda estava vazia)







Deu umas 7hs, a rua estava LOTADA, só faltava o funk. Adultos, teens, crianças, babies, grávidas e cachorros, todo mundo fantasiado. Eu vi foi de tudo, de Sara Pailin a Jesus. Tentei tirar fotos, mas todas saíram como essa aí acima, e claro, ganhei muitos compliments sobre a minha fantasia de anjo. O mais cômico foi eu me acostumar a andar com as asas, coisa que não aconteceu. Eu esbarrava em todo mundo que passava por mim e perdi a conta de quantas vezes fiquei entalada, literalmente, nos portões das casas durante o trick or treat com as kids ::rolls eyes::

A decoração merece um parágrafo a parte. As casas aqui na rua capricharam. Algumas assustavam até a mim (que fique entre nós, mas isso não é muito difícil). Decora-se por fora, e para os mais entusiasmados decora-se também o interior das casas. Coisa de louco. Vampiros, partes de corpo sangrando, corvos, gatos pretos assustados, e abóboras, muuuitas abóboras. Cada casa mais criativa que a outra. Aqui em casa nós fizemos as decorações. Os pais não ligam muito, as crianças se divertem cortando e colando, aqui eles são total pró-economia. Nada de gastar dinheiro com 'besteira'. Pois então fizemos os nossos próprios enfeitos (confesso ter copiado de várias casas aqui da rua, mas quem se importa? rs). Não ficou cinematográfico, mas deu pro gasto. As crianças se amarraram "wow, vc é muito criativa!"... ??? Entáo tá.



Peguei candy, dei candy, comi candy. Deu 9hs da noite e eu tava na cama lendo um livro.

The end.

What an exciting night! Não, sério. Parte culpa minha, parte culpa da falta de companhia. Eu me diverti, foi interessante vendo pelo ponto de vista cultural da coisa, mas poderia ter sido bem melhor, vai.

8 comentários:

Hane disse...

kkkkkkkkkkkk amei a do anzol! criativa meeeeeesmo!!! Eu lembro sempre do Harry com essas coisas de fantasia. Me diz cara, como alguem nao gosta de HP??? AHHHHHHHH. Esse povo devia se matar! LMAO.

Eu achei estranho mesmo qdo vi as primeiras fotos do lugar onde vc ia ficar, antes de vc ir. To acostumada a ver fotos daí com as casas bem distantes. Entao, aí parece um pouco com o Br, pelo menos, rs.

Poxa vida como eu perdi essa cena, nao vi vc entalada Belinhaaaaaaaaaa!!! ai naooooooooo HUAHAUHAUHAUAHUAHUHA. *sorry amiga! LOL*

Mas vc sempre foi criativa mesmo!!! A sua abóbora foi a melhor! hahauhauahuhuha.

Que bom q tá se divertindo!!!
Se cuida.
Tenho umas coisas pra te contar...mas escrevo depois noutro lugar :)
;*
<3

Gisele disse...

HAHahahaha...miga aqui tmb tem corvo!!! e eles ficam aqui no meu quintal e vira meche sim..escuto o Gahhhh..GAhhhh...aff..lembro do filme premonicao coma Sandra Bulluck....hahaah..eita...tua host....hahahahaha

Entao...nao fui no trick or teat daki das kids, pq fui pra San Rafael...foi legalzinho...pelo menos fui dormir as 3h da manha...hahahaha...

te adoro miga..fica com Deus...

Ps: o q esta acontecendo q vc nao responde mhas msg pelo cell??? xataaaaaaaaaaaaa

Dani disse...

Aaaaaaaaaaaaaai, deve ser uma das coisas mais engraçadas do mundo ver o povo todo fantasiado assim de verdade! Imagino que deve ser aquela coisa de filme mesmo, tá aí uma coisa que deve mesmo te fazer se sentir num filme, lmao.

Ficou linda a fantasia, como eu já disse no seu fotolog, bem como a abóbora. Adorei tudo! :)

Beijo, sis. Saudades!

Cori disse...

Bela, eu fiz trick or treat apenas 1h, mas deu para sentir o espirito da coisa. Faria diferente se tivesse oportunidade, mas infelizmente ja passou!
Aqui ngm tem medo de parecer ridiculo nao e acho simplesmente demais!

Bjss

Luíza disse...

Que deliciaaaaaa! Adoro ler teus posts! :)

Lílian, disse...

que bonitinho!
aqui bateram uams criancas na porta mas como tavamos de mudanca mnha host nem compru candies!
as cosias mais fofas do mundo!!!

Tati disse...

ráaa como vc escreve bem ^^ by the way te linkei no blog, bom ano q vem vou o halloween daih ^^ e pelo q sei e tbm o q vc disse é bem diferente isso de todo mundo se fantasiar neh hehehehe

bjos

marina disse...

Huahuahuahuahuahuahua. Adoreeei as sugestões da Pocahontas. Imagino você de vela! huahuahuahua.